A Verdadeira Causa das Doenças pelas Descobertas da Nova Física de Keppe

Cláudia B. S. Pacheco* – Artigo extraído
do livro Psicoterapia por Telefone

Trecho do livro Metafísica Trilógica II, de Norberto R. Keppe, Primeira Parte, Capítulo 10:

A aceitação da consciência (principalmente a dos erros) tornou-se o ponto culminante que irá decidir o equilíbrio ou a destruição do ser humano e seu planeta; é por este motivo que cientistas e pensadores abordam continuamente tal questão. As pessoas mais paradas são as que carregam maior quantidade de ódio e inveja pelo fato já constatado que se trata da destruição ao ser – amplamente tratado no meu primeiro livro de Metafísica (Trilógica) – A Libertação do Ser; não é o ser humano inativo que sofre do ódio, mas ele é assim porque carrega excesso de raiva que o imobiliza. A vida advém da energia, assim como a destruição da inação; este é o elemento fundamental para haver qualquer existência no universo.

Cláudia B. S. Pacheco: Keppe menciona inveja neste trecho e ela parece funcionar como uma válvula invertida que bloqueia a entrada da energia essencial no nosso cérebro. A inveja é mais uma atitude do que um sentimento. O cérebro dos esquizofrênicos se deteriora por causa deste bloqueio, com a falta de energia, assim como os cérebros de todas as pessoas mentalmente doentes. É o que acontece com os psicóticos; a falta de ação, a inveja, as atitudes de negar a consciência e a vibração essencial da vida impedem a energia de chegar ao cérebro. E o cérebro fica sem energia e se atrofia.
Este processo não acontece só com pessoas que têm sérios problemas psicológicos. Acontece em vários graus em todos nós. É conhecido que a média da habilidade e capacidade intelectual de uma pessoa alcança seu nível máximo entre 18 e 20 anos e, então, começa a declinar. Os cientistas não sabem como explicar isso porque não existe nenhuma causa óbvia. Notamos, porém, que isso não ocorre em algumas pessoas e em gênios; eles não param ou restringem suas atividades mentais com a idade. Pelo contrário, gênios tornam-se mais capazes intelectualmente e preservam suas capacidades mentais. É o que temos descoberto na ciência trilógica (particularmente pela Nova Física de Keppe): é o bloqueio da energia essencial que impede os neurônios de trabalhar, afetando a atividade mental e a natural descarga do fluxo de energia.

Qualquer ideia ou sentimento carrega um impulso energético, como uma corrente. Se não queremos ver o que nossos pensamentos pensam ou o que nossos sentimentos sentem, criamos um bloqueio a esse conhecimento. Isto é censura; bloqueamos nossas mentes, nossos seres, nossa consciência e fazemos um enorme estrago em nós mesmos.

Se cometemos erros ou temos sentimentos negativos e não queremos aceitar isso, obstruímos nossa consciência e isso significa bloquear a energia pura. Por exemplo, todos nós temos problemas ou patologias que deveríamos parar pra refletir a respeito. Mas ninguém quer pensar sobre estas coisas, então criamos mecanismos de defesa e mecanismos de escape dessas consciências.

Alguns destes são aprendidos e bastante encorajados pela sociedade neurótica com seus valores invertidos. Mas a maior parte dos problemas começa em nosso interior por causa da nossa
inversão individual. Achamos que o que não vemos não nos machuca: nossa atitude é de que os problemas não são para serem vistos e a destrutividade não é para ser reconhecida. Acreditamos que devemos evitar ver o mal e a negatividade, especialmente em nós mesmos. Toda esta inversão e estas atitudes são coisas que bloqueiam nossa energia, nossos pensamentos e nossas atividades mentais.

A energia essencial nos traz algo que é muito poderoso: a luz da consciência, que é a lucidez. Esta energia é muito mais sobre luz e ver – ver o que é bom e ruim, ver nossos atos e sentimentos
bons e maus. E todos nós temos sentimentos e atitudes ruins e erros; esta é nossa condição humana, pelo menos no tempo presente. Porém, a maior parte de nós aceita somente o mínimo grau de consciência. Quanto menos consciência aceitarmos, menos energia nós teremos.

Encontramos muitas maneiras de nos alienar dessa energia da consciência, toda sorte de mecanismos de defesa: racionalização, negação, prazeres, viagens, alienação, projeção, maus hábitos, dispersão, confusão e agitação, ligar-se a coisas secundárias e procrastinar ações. Esses mecanismos nos deixam doentes – física e mentalmente. Tornamos a vida mais difícil e complexa do que deveria ser. Nossa inveja e inversão têm como efeito fechar-nos dessa energia essencial da consciência. Através de um maior entendimento destes fenômenos psicológicos, poderemos vir a solucionar nossos problemas e ficar mais em ressonância com nossa verdadeira essência e propósito. E isto pode nos curar de todos os males que podemos sofrer.

*Psicanalista e escritora, com 12 livros publicados. Vice-presidente da SITA, presidente e fundadora da Associação Keppe & Pacheco e da STOP a Destruição do Mundo. Diretora das Faculdades Trilógicas Keppe & Pacheco.

 


Recupere a saúde e o bem-estar com os Cursos e Oficinas da área de Psicossomática da FATRI-EAD:

• Pós-Graduação em Psicossomática Integral: a Medicina Energética
• Oficina terapêutica: A Cura pela Consciência

Informações:
fatrinossasenhora.edu.br
11 93752-7604 | 11 3032-4105

 

Gostou desta publicação?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele. Política de Privacidade

• We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue to use this site we will assume that you are happy with it. Privacy Policy

Abrir WhatsApp
1
Dúvidas?
Olá!
Dúvidas? Nossa equipe está pronta para atender você!
Skip to content