A Verdadeira Causa das Doenças pelas Descobertas da Nova Física de Keppe

Cláudia B. S. Pacheco* – Artigo extraído
do livro Psicoterapia por Telefone

Trecho do livro Metafísica Trilógica II, de Norberto R. Keppe, Primeira Parte, Capítulo 10:

A aceitação da consciência (principalmente a dos erros) tornou-se o ponto culminante que irá decidir o equilíbrio ou a destruição do ser humano e seu planeta; é por este motivo que cientistas e pensadores abordam continuamente tal questão. As pessoas mais paradas são as que carregam maior quantidade de ódio e inveja pelo fato já constatado que se trata da destruição ao ser – amplamente tratado no meu primeiro livro de Metafísica (Trilógica) – A Libertação do Ser; não é o ser humano inativo que sofre do ódio, mas ele é assim porque carrega excesso de raiva que o imobiliza. A vida advém da energia, assim como a destruição da inação; este é o elemento fundamental para haver qualquer existência no universo.

Cláudia B. S. Pacheco: Keppe menciona inveja neste trecho e ela parece funcionar como uma válvula invertida que bloqueia a entrada da energia essencial no nosso cérebro. A inveja é mais uma atitude do que um sentimento. O cérebro dos esquizofrênicos se deteriora por causa deste bloqueio, com a falta de energia, assim como os cérebros de todas as pessoas mentalmente doentes. É o que acontece com os psicóticos; a falta de ação, a inveja, as atitudes de negar a consciência e a vibração essencial da vida impedem a energia de chegar ao cérebro. E o cérebro fica sem energia e se atrofia.
Este processo não acontece só com pessoas que têm sérios problemas psicológicos. Acontece em vários graus em todos nós. É conhecido que a média da habilidade e capacidade intelectual de uma pessoa alcança seu nível máximo entre 18 e 20 anos e, então, começa a declinar. Os cientistas não sabem como explicar isso porque não existe nenhuma causa óbvia. Notamos, porém, que isso não ocorre em algumas pessoas e em gênios; eles não param ou restringem suas atividades mentais com a idade. Pelo contrário, gênios tornam-se mais capazes intelectualmente e preservam suas capacidades mentais. É o que temos descoberto na ciência trilógica (particularmente pela Nova Física de Keppe): é o bloqueio da energia essencial que impede os neurônios de trabalhar, afetando a atividade mental e a natural descarga do fluxo de energia.

Qualquer ideia ou sentimento carrega um impulso energético, como uma corrente. Se não queremos ver o que nossos pensamentos pensam ou o que nossos sentimentos sentem, criamos um bloqueio a esse conhecimento. Isto é censura; bloqueamos nossas mentes, nossos seres, nossa consciência e fazemos um enorme estrago em nós mesmos.

Se cometemos erros ou temos sentimentos negativos e não queremos aceitar isso, obstruímos nossa consciência e isso significa bloquear a energia pura. Por exemplo, todos nós temos problemas ou patologias que deveríamos parar pra refletir a respeito. Mas ninguém quer pensar sobre estas coisas, então criamos mecanismos de defesa e mecanismos de escape dessas consciências.

Alguns destes são aprendidos e bastante encorajados pela sociedade neurótica com seus valores invertidos. Mas a maior parte dos problemas começa em nosso interior por causa da nossa
inversão individual. Achamos que o que não vemos não nos machuca: nossa atitude é de que os problemas não são para serem vistos e a destrutividade não é para ser reconhecida. Acreditamos que devemos evitar ver o mal e a negatividade, especialmente em nós mesmos. Toda esta inversão e estas atitudes são coisas que bloqueiam nossa energia, nossos pensamentos e nossas atividades mentais.

A energia essencial nos traz algo que é muito poderoso: a luz da consciência, que é a lucidez. Esta energia é muito mais sobre luz e ver – ver o que é bom e ruim, ver nossos atos e sentimentos
bons e maus. E todos nós temos sentimentos e atitudes ruins e erros; esta é nossa condição humana, pelo menos no tempo presente. Porém, a maior parte de nós aceita somente o mínimo grau de consciência. Quanto menos consciência aceitarmos, menos energia nós teremos.

Encontramos muitas maneiras de nos alienar dessa energia da consciência, toda sorte de mecanismos de defesa: racionalização, negação, prazeres, viagens, alienação, projeção, maus hábitos, dispersão, confusão e agitação, ligar-se a coisas secundárias e procrastinar ações. Esses mecanismos nos deixam doentes – física e mentalmente. Tornamos a vida mais difícil e complexa do que deveria ser. Nossa inveja e inversão têm como efeito fechar-nos dessa energia essencial da consciência. Através de um maior entendimento destes fenômenos psicológicos, poderemos vir a solucionar nossos problemas e ficar mais em ressonância com nossa verdadeira essência e propósito. E isto pode nos curar de todos os males que podemos sofrer.

*Psicanalista e escritora, com 12 livros publicados. Vice-presidente da SITA, presidente e fundadora da Associação Keppe & Pacheco e da STOP a Destruição do Mundo. Diretora das Faculdades Trilógicas Keppe & Pacheco.

 


Recupere a saúde e o bem-estar com os Cursos e Oficinas da área de Psicossomática da FATRI-EAD:

• Pós-Graduação em Psicossomática Integral: a Medicina Energética
• Oficina terapêutica: A Cura pela Consciência

Informações:
fatrinossasenhora.edu.br
11 93752-7604 | 11 3032-4105

 

Gostou desta publicação?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir WhatsApp
1
Dúvidas?
Olá!
Dúvidas? Nossa equipe está pronta para atender você!
Skip to content