Estamos Resgatando o Mundo para o Bem

Capítulo B-10, págs. 61 e 62, o livro O Reino Divino, de Norberto Keppe

Temos de resgatar nosso planeta para o bem, desde que ele foi invadido pelos delinquentes: bandidos, criminosos, especuladores e mentirosos.

Cliente: – Parece que nossa função com seu trabalho trilógico é idêntica à dos Cruzados.
Psicanalista: – O que, por exemplo?
Cliente: – Os Cruzados queriam libertar Jerusalém, e nós o mundo todo, para o bem.

Se vivemos no universo divino, por que aceitamos o predomínio do mal, que constitui aberração em nossa existência — principalmente pelo fato de nos trazer enorme desprazer?

Cliente: – Se os seres maléficos pegaram nosso mundo para eles, parece que não somos obrigados a apoiá-los.
Psicanalista: – O que pensa em fazer?
Cliente: – Recuperá-lo para nós, que temos verdadeiramente o direito de tê-lo.

Parece que teremos de realizar uma grande campanha para recuperar o que é nosso, e fomos subtraídos pelos seres inimigos, humanos e espirituais — não temos obrigação de continuar assim, sofrendo em suas mãos.

Cliente: – Acredito que vivemos em uma sociedade que não tem nada a ver conosco.
Psicanalista: – Como assim?
Cliente: – Metade do que eu faço e ganho tenho que entregar ao país, e tenho ainda que aprender nas escolas só o que interessa aos poderes maléficos, e assim tudo na vida.

Notem que esse cliente manifestou a ideia de que não vivemos de acordo com nossa essência, que é o bem, a verdade e a beleza — porém, somos obrigados a viver na mentira, na torpeza, praticamente no mal.

Cliente: – O professor afirmou que a verdade é relativa: o que é bom para ele, pode ser mau para os outros.
Psicanalista: – E o que o sr. respondeu?
Cliente: – Se é assim, por que não bebemos água envenenada, comida estragada — mas ele não teve resposta.

Como o ditado popular fala: «a verdade é uma só» — de maneira que toda pessoa que não estiver de acordo com ela, estará na mentira e falsidade, o que acontece com 90% da humanidade.

Cliente: – Se esse conceito dos universais for entendido pelo povo, todas as instituições e escolas terão de mudar.
Psicanalista: – O que, por exemplo?
Cliente: – Essa questão da ressonância que é o fundamento de tudo, irá mostrar que todas as coisas obedecem às mesmas leis, sendo a ética sua principal base.

O ser humano em sua essência viverá para sempre, porque é eterno — ou melhor, ele só poderá viver realmente no perene, sentindo-se mal quando for obrigado a permanecer nos elementos contingentes.

Cliente: – Dr. Keppe, o sr. fala que o ser humano é eterno, mas ele pode ser assim tanto no bem como no mal?
Psicanalista: – Não, ele só poderá viver no bem.

Muitas pessoas se perguntam: será que o inferno não seria eterno? A verdade é que tudo o que existe por si é divino, e o que denominamos de inferno se trata de uma atitude de oposição sem fim ao que é existente — vamos dizer que, nesse caso, o ser humano só pode ter o que poderemos denominar de bem, verdade e beleza.

 

Gostou desta publicação?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele. Política de Privacidade

• We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue to use this site we will assume that you are happy with it. Privacy Policy

Abrir WhatsApp
1
Dúvidas?
Olá!
Dúvidas? Nossa equipe está pronta para atender você!
Skip to content