Rádio STOP 558

Psicoterapia e Exorcismo

“A separação entre exorcismo e tratamento médico veio ocasionando enorme confusão para o entendimento que pertence a um, ou a outro, como se fossem separados – esse conceito levou o ser humano a considerar que seríamos vítimas, ou de demônios, de erros alimentícios, ou de qualquer conduta física – como conclusão, evitamos que a medicina cuide da vida psíquica, e os exorcistas aceitem os tratamentos orgânicos, juntamente com os medicinais.

Se o exorcismo funcionasse como os exorcistas pensam, já na primeira sessão os possessos deveriam estar livres de seus demônios – mas isto não acontece, e o processo de se estender até por anos prova a necessidade de tratar também a vida psíquica”
Não existe diferença entre exorcismo como ele é entendido na Teologia e uma verdadeira psicanálise ou Medicina, pois a manifestação da doença é um princípio que é explicado no campo da Metafísica. O ser humano na base não foi criado para adoecer, mas para a saúde.

A fisiologia moderna mostra a existência de problemas no nosso DNA que iniciam o processo de degeneração e começamos a morrer. Tudo o que causa sofrimento para o ser humano é próprio do criador do mal: Lúcifer e seus seguidores que o implantaram para toda a humanidade.

Gostou desta publicação?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as Novidades

Em seu e-mail ou por WhatsApp, receba conteúdo exclusivo: boletins de conteúdo, palestras, artigos, lançamentos, etc. Somente a Keppe & Pacheco enviará as mensagens, garantindo que os interessados recebam conteúdo confiável e de qualidade.

Abrir WhatsApp
1
Dúvidas?
Olá!
Dúvidas? Nossa equipe está pronta para atender você!
Skip to content