Por que Anticristos? Carta sobre Deus, de Albert Einstein, é leiloada por três milhões de dólares

Abaixo, uma demonstração de um dos cientistas que a humanidade mais seguiu.

Carta sobre Deus, de Albert Einstein, é leiloada por três milhões de dólares

No dia 4 de dezembro de 2018, foi leiloada a carta manuscrita que Einstein escreveu ao filósofo Eric Gutkind, em que o cientista questiona a existência da entidade divina. De acordo com a casa de leilões Christie’s, em Nova York, o valor arrecadado pela venda do item superou quase o dobro do valor que era esperado.

“A palavra Deus é para mim nada mais do que a expressão e o produto das fraquezas humanas, a Bíblia é uma coleção de lendas honrosas, mas ainda primitivas que são, no entanto, bastante infantis”,-

diz o físico, que era judeu, em um dos trechos do documento.

“Para mim, a religião judaica é como todas as outras religiões, uma encarnação da superstição primitiva.”

O criador da teoria da relatividade escreveu dezenas de cartas durante a sua vida que arrecadaram grandes valores em leilões passados, mas a “Carta de Deus” bateu o recorde.

Entre outras inversões que Einstein realizou em suas teorias, a negação de Deus parece ser a maior de todas, e a base para os graves erros que ele faria a seguir, como, por exemplo, o conceito devastador de que toda a energia se identifica com a matéria – o que levou a humanidade à destruição de suas matérias-primas extinguíveis como fonte única de força e trabalho.

O meio ambiente está sendo destruído pois a Física e a engenharia seguem essa inversão de Einstein – ameaçando a própria sobrevivência no planeta Terra.

Como contraponto, poucos anos antes, Nikola Tesla comprovou a existência da energia do vácuo ou da energia contida no espaço, porém tal descoberta foi deixada de lado pois comprovou-se frontalmente contrária aos interesses de grandes poderes econômicos – os poderosos da indústria de energia – pois a coloca abundante, livre, gratuita e interminável para todos os povos.

Outro ponto filosoficamente superficial e irracional de Einstein é a teoria da relatividade, que se expandiu para todos os campos levando o ser humano a questionar a existência da verdade e da realidade, da existência do bem e do mal, colocando a mente de cada indivíduo como o próprio critério da verdade. Tudo é relativo – o que é bem para um pode ser mal para o outro. De um só golpe, o “gênio” de Einstein põe por terra toda a Metafísica e a Ética, berços de toda a civilização.

Sendo assim, Keppe tem toda a razão quando coloca Einstein entre os gênios que atuaram como anticristos na humanidade. Esta carta veio justamente a tempo de comprovar que as citações atribuídas a Einstein, a respeito de Deus, tão veiculadas nas mídias internacionais, são todas falsas.

 

Cláudia B. S. Pacheco é psicanalista e escritora, com 12 livros publicados. Vice-presidente da SITA, presidente e fundadora da Associação Keppe & Pacheco e da STOP a Destruição do Mundo.

Gostou desta publicação?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir WhatsApp
1
Dúvidas?
Olá!
Dúvidas? Nossa equipe está pronta para atender você!
Skip to content